(11) 2362-6620 | (11) 94674-4073 contato@sociedadedehipnose.com.br

Ao longo da história da humanidade, a alimentação sempre foi um dos fatores que mais influenciaram a ansiedade. Mesmo no período da pedra polida — quando a sobrevivência dependia da caça —, diante da incerteza de conseguir alimentar-se ou não, nossos ancestrais já sofriam com a ansiedade.

No entanto, com o avanço da Ciência e da Medicina, hoje é possível utilizar a associação entre comida e ansiedade de forma positiva e estratégica: incentivar o consumo de alimentos que tenham componentes ideais para o tratamento da ansiedade.

Nesse contexto, confira quais são os melhores alimentos para combater a ansiedade e veja também o que os tornam tão especiais para a superação de um problema cada vez mais preocupante. Boa leitura!

Conheça os 7 melhores alimentos para combater a ansiedade

Conhecer os alimentos que auxiliam no controle da ansiedade é fundamental. Isso porque essa condição psicológica tem figurado, de modo bem expressivo, entre os fatores que mais desafiam a saúde pública. E isso em caráter global.

Nesse contexto, confira a importância do consumo desses alimentos para combater a ansiedade, bem como os males que dela decorrem.

1. Frutas cítricas

Presente em grande quantidade nas frutas cítricas, o ácido ascórbico — ou a popular vitamina C — ajuda a minimizar os efeitos da ansiedade porque atua diretamente na redução do cortisol. Assim, o consumo desse grupo de frutas deve ser estimulado porque promove melhoria no desempenho das funções cerebrais.

A liberação do cortisol pela glândula adrenal ocorre em resposta aos episódios de estresse, que, normalmente, contribuem para aumentar a ansiedade. Entretanto, esses eventos negativos são transmitidos para todo o organismo e, por conseguinte, dificultam o controle da ansiedade e deixam a pessoa mais exposta ao surgimento de outras doenças.

2. Banana

Essa fruta contém grande quantidade de triptofano, um aminoácido essencial para ajudar na liberação da serotonina. A serotonina é uma das substâncias responsáveis pelo bom humor. Desse modo, a ação dela se torna imprescindível para minimizar e aliviar os sintomas da ansiedade e também da depressão.

Além disso, a banana contém importantes minerais — como o potássio e o magnésio — que são controladores do equilíbrio iônico necessário às reações orgânicas. Quando esses elementos estão estáveis, eles promovem o relaxamento e garantem um sono tranquilo, condição ideal para a liberação de mais serotonina.

3. Amêndoas, castanhas e nozes

Além das vitaminas e proteínas, os minerais também desempenham importante papel para assegurar o bom funcionamento do organismo. Para efeito de controle da ansiedade, o consumo de frutas secas — como as amêndoas, castanhas e nozes — adquirem grande relevância, já que são fontes de minerais precursores de reações orgânicas necessárias à liberação da serotonina.

Os frutos secos contêm, ainda, vitaminas do complexo B, que também estimulam a formação da serotonina. E esse neurotransmissor é fundamental para amenizar os efeitos da ira, do estresse e da ansiedade, além de controlar a temperatura do corpo e manter a estabilidade do apetite.

4. Espinafre

O espinafre é rico em ácido fólico, cuja função antidepressiva natural é relevante no combate aos sintomas da ansiedade. O ácido fólico (ou folato) auxilia também nos processos metabólicos necessários à eliminação dos radicais livres — substâncias formadas pelos resíduos de elementos oxidantes e que causam o envelhecimento celular.

5. Chocolate

O chocolate — principalmente o amargo — possui flavonoides em sua composição: um antioxidante que também favorece a produção de serotonina. Nos níveis ideais, a serotonina aumenta a sensação de leveza e de bem-estar, melhora o humor e diminui os efeitos negativos da ansiedade sobre a mente e o corpo.

6. Leite e derivados

O triptofano, aminoácido essencial para reduzir os problemas emocionais, também está presente em grande quantidade no leite e em seus derivados. Por isso, uma das formas de melhorar o enfrentamento dos sintomas da ansiedade é aumentar o consumo desse nutriente. Óbvio que tal procedimento deve acontecer sob a orientação médica ou de nutricionistas.

 

7. Carnes e peixes

As carnes e os peixes são os alimentos com maior fonte natural do aminoácido triptofano. Como visto, a função desse aminoácido — juntamente com algumas vitaminas do complexo B e o magnésio — é atuar na produção de serotonina.

A serotonina, além de ser fundamental para regular os níveis da ansiedade, também exerce importância no controle do sono e das sensações de humor. Logo, incentivar a utilização desses alimentos é essencial para promover as condições ideais para que o triptofano esteja sempre disponível.

Pratique mindfulness, yoga, e auto-hipnose e potencialize o efeito dos alimentos

Além da importância de consumir alimentos para combater a ansiedade, a prática de terapias alternativas poderá potencializar os resultados e garantir benefícios imediatos. Tais atividades, aliadas à função da serotonina, tornam-se coadjuvantes ideais para vencer os sintomas da ansiedade.

Veja, então, como essas terapias — quando alinhadas ao consumo dos alimentos para combater a ansiedade — maximizam o alcance do controle emocional necessário para atingir esse objetivo.

Mindfulness

Também chamada de atenção plena, a mindfulness consiste em promover a reprogramação da mente para focá-la no momento presente, a fim de reduzir as preocupações excessivas com o futuro. Assim, essa técnica pode potencializar os efeitos dos alimentos ricos em triptofano e combater as reações que geram o estado de ansiedade.

Yoga

A yoga estimula o aprendizado ideal para controlar a respiração, desenvolver a concentração e direcionar a mente para a recepção da energia positiva necessária à resolução de conflitos internos. Desse modo, o aporte nutritivo de triptofano, somado aos benefícios da yoga, torna-se uma excelente alternativa para combater os males da ansiedade e viver melhor.

Auto-hipnose

É quando se utiliza a prática da hipnose como um recurso para hipnotizar a si mesmo. Essa opção é extremamente útil para o controle das emoções: promove um profundo relaxamento mental, melhora a coordenação dos pensamentos, o bem-estar e a qualidade de vida do praticante.

Além dos alimentos sugeridos, os recursos da auto-hipnose são uma boa alternativa para a redução dos efeitos negativos da ansiedade. Para alcançar melhores resultados, pode ser importante a ajuda de um hipnoterapeuta habilitado, já que os sintomas da ansiedade podem aumentar gradativamente e causar graves danos à saúde.

Nesse sentido, adotar medidas para o controle da ansiedade é essencial, pois ela pode atingir um padrão mais elevado de gravidade e comprometer a qualidade de vida tanto no âmbito pessoal quanto profissional. Assim, adequar o estilo de vida a práticas alternativas e aumentar o consumo de alimentos para combater a ansiedade podem trazer resultados mais significativos à promoção da saúde.

Agora que você já sabe quais são os melhores alimentos para combater a ansiedade, compartilhe este post em suas redes sociais para que seus amigos também acompanhem nossas publicações!

Escolher
Mais informações?
Olá!
Como podemos te ajudar?
Escolha com qual equipe deseja conversar: