(11) 2362-6620 | (11) 94674-4073 contato@sociedadedehipnose.com.br

Conhecer um pouco mais sobre as causas, os principais sintomas e as melhores formas de tratamento para vencer a depressão na terceira idade é fundamental. Essa doença está em plena expansão: atinge um número de pessoas cada vez maior e os dados estatísticos são preocupantes.

Recentemente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou que o Brasil é um dos países mais afetados pela depressão. Como nos idosos a evolução da doença é diferente, é necessário buscar informações coerentes e que indiquem as melhores condutas para superar os efeitos desse problema.

Confira, então, algumas sugestões de tratamento para superar os sintomas da depressão e promover a reabilitação emocional e física. Boa leitura!

Por que a depressão é tão comum em idosos?

Os avanços tecnológicos, na ciência e na medicina possibilitaram significativa melhora na qualidade de vida da população. Por conseguinte, a expectativa de vida das pessoas está aumentando, o que impacta no crescimento expressivo do número de idosos.

Com essas mudanças, os idosos passaram a ter a rotina e o estilo de vida completamente diferentes. Influências como o acesso facilitado à internet, as mudanças na estrutura social e o modo de as pessoas se relacionarem, por exemplo, são fatores que contribuíram para rápidas transformações.

No entanto, essas alterações aconteceram paralelamente ao envelhecimento da população. Porém, os idosos não estavam preparadas para isso. Pois além do sentimento de solidão — típico dessa fase — existem caracteres comuns que acompanham a senilidade.

Independentemente das alterações sociais, esses problemas são inerentes ao envelhecimento e merecem atenção. Pois muitos deles concorrem para o desequilíbrio emocional: a redução da autoestima, a acentuação dos medos, a falta de autonomia e a diminuição da memória são exemplos clássicos.

Assim, as mudanças sociais contemporâneas contribuíram para aumentar o isolamento social e as complicações mentais. A correria do cotidiano não permite que a família tenha tempo disponível para o idoso. Por conseguinte, a depressão tem sido uma das doenças emocionais que mais atingem os idosos.

O que causa a depressão na terceira idade?

A depressão ainda não tem uma causa específica. Entretanto, ela pode ser desencadeada em decorrência de fatores biológicos, psicológicos e sociais. Além da carência afetiva — própria do envelhecimento — as crises depressivas podem surgir a partir de uma série de problemas.

Para a melhor compreensão do tema, confira os mais comuns:

  • limitações mentais;

  • incapacidades físicas;

  • diminuição da autoestima;

  • afastamento da família e dos amigos;

  • perda da função social mediante a aposentadoria;

  • diagnóstico de doenças graves como AVC;

  • problemas relacionados à vida sexual;

  • redução da expectativa de vida;

  • falecimento do cônjuge;

  • surgimento de câncer.

Como promover um envelhecimento saudável?

Não existe uma fórmula mágica que garanta um envelhecimento saudável. As condições de saúde mental e física nessa fase serão proporcionais às escolhas e ações feitas ao longo da vida.

Assim, é fundamental priorizar medidas que permitam passar pela terceira idade com boa saúde e, principalmente, com equilíbrio mental e emocional. Desse modo, vale a pena investir em aspectos saudáveis e em atitudes que promovam a qualidade de vida e o bem-estar.

Logo, desde a juventude, deve-se aprender a cultivar valores como a sabedoria e o bom senso. Contudo, não se pode deixar de lado as oportunidades de novas experiências e sensações. Afinal, como diz o filósofo e professor da USP Mário Sérgio Cortella, “o que levamos da vida é a vida que a gente leva.”

Como tratar a depressão na terceira idade?

A depressão no idoso é algo que merece atenção, pois é uma doença limitante e que deixa a pessoa sem interesse pela vida. Além disso, nessa fase, ela ainda vem sobrecarregada de angústia e sofrimento devido à proximidade da morte.

Entretanto, existem tratamentos que ajudam a superar todos esses aspectos negativos e restabelecer a esperança em dias melhores. Muitas dessas alternativas podem assegurar, na medida do possível, uma vida plena e saudável.

Para tanto, confira os melhores tratamentos para a depressão na terceira idade.

Tratamentos alternativos

Os tratamentos alternativos podem trazer bons resultados em longo prazo, muito embora não substituam os realizados pelos especialistas. Porém, quando feitos em conjunto com os medicamentos, eles podem ser de extremo auxílio.

Conheça os melhores tratamentos alternativos que podem minimizar os sintomas da depressão na terceira idade:

  • acupuntura;

  • exercício aeróbico;

  • ioga ou tai chi chuan;

  • chá de erva de São João;

  • terapia com arte e música;

  • massagem terapêutica;

  • orientação espiritual;

  • homeopatia;

  • meditação;

  • ômega 3.

Tratamentos com psicoterapia

A psicoterapia é baseada em uma conversa com o paciente a fim de descobrir o que mais o incomoda. É um dos tratamentos mais comuns na área da saúde mental e que pode ajudar na superação dos males causados pela depressão.

Em alguns casos de depressão mais grave, pode ser necessária a intervenção medicamentosa. Nessas situações, a psicoterapia pode ser utilizada como tratamento complementar.

Entre as inúmeras vantagens da psicoterapia, as mais importantes são:

  • promover a autoestima;

  • ajudar em uma crise pessoal;

  • incentivar atitudes mais positivas;

  • auxiliar na compreensão dos problemas;

  • incentivar a definição de metas realistas para a vida;

  • estimular a mudança de postura em relação às dificuldades;

  • conversar sobre as eventuais alterações de comportamento;

  • desenvolver a capacidade de tolerância ao que não é bom;

  • promover condições de melhorar a interação social;

  • identificar as questões que causam a depressão;

  • evitar os comportamentos negativos;

  • recuperar o controle emocional;

  • reduzir as reclamações.

Tratamentos com Hipnose

Reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina, a prática da hipnose é uma excelente alternativa para ajudar a família ou o cuidador responsável pelo idoso no tratamento da depressão.

Em síntese, a hipnoterapia é um procedimento simples, não invasivo e que oferece resultados em pouco tempo. Durante as primeiras sessões, o paciente — assim como a família do idoso — já percebem significativa melhoria

A prática de hipnose para o tratamento da depressão é extremamente indicada, já que pode restabelecer o controle dos sentimentos, a redução dos problemas físicos e possibilitar a recuperação da autonomia do idoso.

Além das vantagens acima descritas, a terapia com hipnose também pode promover os seguintes benefícios:

  • equilíbrio das emoções;

  • aumento da autoconfiança;

  • desligamento das lembranças negativas;

  • renovação da esperança em uma vida saudável;

  • identificação das causas da depressão;

  • redução do estresse pós-traumático;

  • promoção da autoestima;

  • superação de traumas.

Percebe-se, então, que auxiliar o idoso a recuperar a autonomia e a sair da depressão na terceira idade é fundamental. Nessa fase da vida, em que a pessoa fica mais sensível, vulnerável e carente de atenção, esses cuidados não podem passar despercebidos.

Gostou deste artigo? Compartilhe-o em suas redes sociais para que seus amigos também conheçam essas informações!

Agende uma Avaliação Gratuita

Agora que você já sabe mais sobre as causas da depressão na terceira idade, agende uma avaliação gratuita com um dos nossos profissionais e saiba como a Hipnoterapia pode te auxiliar a superar esse problema.

Você pode conferir a nossa participação no Programa “Como Será?” da Rede Globo e entender como funciona o nosso tratamento.

Avaliação Gratuita - Artigo Depressão 3 idade

Escolher
Mais informações?
Olá!
Como podemos te ajudar?
Escolha com qual equipe deseja conversar: